A tradicional corrida de revezamento do litoral gaúcho, Travessia Torres-Tramandaí (TTT), está em sua 15ª edição em 2019. A prova de 82 km acontece sábado, 26, e tem início às 7h30, com duração de 12h. A previsão é que 3 mil corredores disputem a maior prova do Rio Grande do Sul.

Neste ano, visando incentivar a prática de esportes entre as associadas e os associados, a ADPERGS montou uma equipe mista para participar da TTT. Participam do octeto a presidente da Associação, Juliana Lavigne, e as Defensoras e os Defensores Públicos Álvaro Fernandes, Bibiana Spode, Clóvis Neto, Daniel Bittencourt, Larissa Prado, Luciana Amim e Maína Pech, participarão do grupo. Também, a colega Roberta Nozari estará competindo na modalidade solo.

Há cerca de 15 anos, Roberta descobriu a paixão pela corrida. Na TTT, esta será sua quinta participação, sendo que, em 2016, foi a grande vencedora na categoria individual. Ela conta que já participou de outras maratonas e trilhas, e que já subiu ao pódio diversas vezes. O que começou como um alívio para a ansiedade, tornou-se parte importante de sua vida. “É um momento em que me desligo do mundo exterior. Com o decorrer do treino vão surgindo algumas soluções para problemas até então não resolvidos, principalmente na área profissional”, comenta. Inclusive, muitas ações judiciais foram ajuizadas após reflexões durante este momento.

Esporte como aliado da saúde mental

A carreira na Defensoria Pública, como já falamos na RevistAdpergs de dezembro, exige uma entrega total das Defensoras e dos Defensores, o que pode contribuir para o estresse e o desgaste emocional do profissional. Maína, capitã da equipe mista da ADPERGS que participará da TTT, e percorrerá um trajeto total de 17 km, afirma que a prática de esportes vai muito além da questão física: “a corrida me traz uma sensação de bem estar e liberação de todo o estresse do dia a dia, essencial na nossa profissão”.

Comprovadamente, esportes e atividades físicas regulares são fundamentais para manter a saúde, seja ela física ou emocional. Exercícios em grupo, por exemplo, são grandes aliados para quem deseja manter a forma ou até mesmo vencer seus próprios desafios. Além do auxílio mútuo visando um mesmo objetivo, a diversão e a troca de energia entre os colegas fazem com que os 82 km da TTT pareçam menores.

Preparação física é a chave

Corridas de alta intensidade requerem uma boa preparação física. Para os participantes da Travessia Torres-Tramandaí deste ano, a preparação começou ainda em 2018. Alimentação regrada, prática de exercícios como musculação e corridas para aumentar a resistência são as indicações das Defensoras Roberta e Maína. “Eu acordo cinco vezes por semana às 5h30 para fazer crossfit, de segunda a sexta. Durante a semana, procuro correr no mínimo três vezes, à tarde. Já no final de semana, eu pedalo no sábado e corro uma distância maior no domingo”, afirma Roberta Nozari. Outra característica da colega é o fato de que ela possui asma, condição que dificultaria seu desempenho.

De acordo com o médico Dráuzio Varella, por muitos anos, acreditava-se que a asma impediria a prática de exercícios físicos. Porém, isto não passa de um mito, considerando que essas atividades, além de melhorar o condicionamento cardiorrespiratório, aumentam a resistência física. De acordo com a Defensora Pública Roberta, muitas pessoas usam a doença como motivo para não praticar esportes. Em seu caso, ela sempre recebeu recomendações médicas para continuar a correr, por auxiliar nas crises asmáticas.

Recado

O objetivo da ADPERGS, ao convidar as associadas e os associados a participarem da TTT, é estimular a prática de exercícios e uma vida mais saudável diariamente. Exames periódicos e uma alimentação saudável também são passos fundamentais para isto.

“Eu indico a corrida para todas as pessoas que desejam ter uma vida mais leve, tanto emocional quanto fisicamente. Correr em grupos é mais prazeroso, pois fortalece as amizades. Todos incentivam-se a persistir e a dar o seu melhor. A participação em equipe é uma grande confraternização entre colegas”, finaliza Roberta Nozari.

 

24 de Janeiro de 2019

Logos Banrisul e Brasao Governo