Nesta quinta-feira (30), a presidente da ADPERGS, Juliana Lavigne, participou da segunda reunião de capacitação da Comissão dos Direitos das Mulheres da ANADEP, sobre “Feminismo Negro - Reflexões Antirracistas e Práticas Deocoloniais”, por meio do aplicativo zoom. 

 
What do you want to do ?
New mail
 
 
What do you want to do ?
New mail
 

A capacitação, destinada à integrantes do Comissão, acontecerá durante todo o mês de agosto, na qual será abordado uma obra do universo feminista negro. No encontro de hoje, foi discutido o livro Quarto de Despejo, da escritora Carolina Maria de Jesus. 

A presidente disse que o livro mostra-se atual nos dias de hoje, em que a fome segue como escravatura. “Quando se lê frases do diário de ‘O Brasil precisa ser dirigido por alguém que já passou fome. A fome também é professora’, pode-se ter plena consciência que o drama que aflige as comunidades periféricas é a escravatura pela fome, mas também recorrentes cenas de violência doméstica e estatal. A escritora demonstra que a falta de estudo não significa falta de sensibilidade e capacidade de comunicação da realidade. É um livro de 1960 que se apresenta como uma realidade nos tempos de hoje”. 

O livro reproduz o diário da autora, que narra seu cotidiano nas comunidades pobres de São Paulo. Em seu relato, ela descreve a dor, a fome e o sofrimento da população, além das mudanças pelas quais as favelas passaram naquele momento. Seu texto é considerado um dos marcos da escrita feminina no Brasil.

 
What do you want to do ?
New mail
 
 
What do you want to do ?
New mail
 
31 de Julho de 2020

Logos Banrisul e Brasao Governo