A Presidente da ADPERGS, Juliana Lavigne, concedeu palestra hoje (07/08), na Unijuí, durante o Encontro de Estudo e Fortalecimento da Rede de Enfrentamento à Violência, alusivo aos 13 anos da Lei Maria da Penha.

Em sua fala, a presidente ressaltou o aumento do feminicídio, a violência obstétrica e outras formas de violência contra a mulher. “Abordamos os temas da campanha da ANADEP, trazendo ao público os dados do atlas da violência 2019, especialmente com o recorte de gênero, já que a mulher negra segue sendo a maior vítima da violência doméstica. Aproveitamos a ocasião para alertamos sobre a preocupação com o aumento dos feminicídios dentro das residências, a violência obstétrica, a situação das mulheres encarceradas e a falta de adequação dos estabelecimentos prisionais. Foi um momentos de educação, conscientização e sensibilização da assistência, para que vejam a situação das mulheres com um olhar diferenciado", finalizou Juliana.

A ocasião também contou com a participação da Defensora e do Defensor Público Carla Schöffel Lizot e Marcos Vinicius Martins. Foram realizados bate-papos, palestras, rodas de conversa, com o objetivo de fortalecer a rede de enfrentamento de todas as formas de violência contra a mulher. Além disso, um dos objetivos do evento foi refletir sobre a importância da Lei da Maria da Penha, sancionada em 7 de agosto de 2006. 

O evento foi promovido pelo Poder Executivo e pela Coordenadoria Municipal da Mulher e instituições parceiras. 

 

07 de Agosto de 2019

Logos Banrisul e Brasao Governo