A ADPERGS convida todas e todos para participarem do Encontro Virtual de Defensoras e Defensores Públicos, pelo aplicativo zoom, dia 03 de julho, às 18h30.  O objetivo da reunião é estabelecer um contato mais próximos com os(as) colegas, principalmente neste momento de pandemia.

Durante o encontro, contaremos com uma sessão especial gastronômica, com a chef, defensora pública Adriana Munhoz de Quadros, e o chef, defensor público Saulo Brum Leal Junior. No cardápio teremos um delicioso camarão thai no abacaxi e um chimichurri caseiro com ervas frescas. Prepare tudo na sua casa e venha cozinhar com a gente! 

A pauta da reunião será aberta para os(as) participantes trazerem suas demandas. O acesso será enviado internamente para as associadas e os associados. 

Confira as receitas: 

Camarão thai no abacaxi

- 400g de camarão 

- 4 xícaras de arroz thai jasmim já cozido com antecedência

- 1 abacaxi pequeno picado em cubos 

- 2/3 cenouras cortadas em cubos pequenos

- 10 tomates cereja cortados no meio 

- 2 pimentas dedo de moça picadas em cubos pequenos

- 1 cebola roxa picada em cubos pequenos 

- 4 dentes de alho picados 

- 2 fatias finas de gengibre (picadinho)

- 4 colheres de sopa de shoyu 

- 4 cebolinhas verdes picadas

- 2 colheres de chá de açúcar mascavo 

- 1 colher de chá de curry 

- 100g de castanha do caju sem sal picadas grosseiramente 

- 1 colher de chá de sal

- 4 colheres de sopa de óleo 

Aquecer o óleo em fogo médio. Em seguida, acrescentar a cebola e deixar dourar. Quando ela estiver dourada, adicione o alho, a pimenta dedo de moça, o gengibre e a cenoura. Quando a cenoura estiver no  ponto de cozimento (Pode ficar crocante), acrescentar o camarão. 

A partir daqui, é tudo muito rápido, para evitar que o camarão passe do ponto. Quando o camarão ficar rosado, acrescentar o arroz já cozido. Fazer uma mistura com o shoyu, o sal, o açúcar e o curry e adicionar logo após o arroz. Acrescentar os tomates e o abacaxi e deixar o arroz fritar um pouco. Finalizar com a cebolinha e as castanhas.

Arroz (acompanhamento):

No fogão

-1 ½ xícara (350 ml) de água.

-1 xícara (225 g) de arroz jasmim.

-½ colher de chá de sal (opcional).

1. Lave 1 xícara (225 g) de arroz jasmim duas ou três vezes com água fria. Use uma panela ou o escorredor. Esse passo é importante para remover a camada de amido do arroz e evitar que ele fique grudento e empapado. A água deve sair limpa no final. Umas duas ou três lavadas já dão contas, mas talvez seja preciso lavar mais. 

2. Adicione o arroz e a água em uma panela média com fundo grosso. É preciso usar 1½ xícara (350 ml) de água para cada xícara de arroz. A panela também deve ter uma tampa.  Se quiser, adicione ½ colher de chá de sal. Mantenha a proporção de água e arroz mesmo ao preparar uma quantia maior. Use uma panela que tenha quatro vezes o tamanho da quantia de arroz a ser cozida. O arroz expande e aumenta.

3. Deixe a água ferver no fogo médio. Se estiver com pressa, você pode até usar fogo alto, mas cuidado para não deixar a água aquecer e borbulhar demais, pois assim o arroz gruda na panela. A água deve cobrir o arroz. Se houver montinhos de arroz saindo da água, mexa tudo com uma colher.

4. Tampe a panela e cozinhe o arroz em fogo baixo por 15 a 20 minutos. A tampa deve ficar bem fechada. Se a panela não tiver tampa, cubra-a com uma folha de papel-alumínio ou com um prato de vidro temperado. É importante tampar a panela para manter o vapor lá dentro.

5. Deixe o arroz descansar por cinco minutos. Não tire a tampa ainda. Somente apague o fogo e passe a panela para outra boca do fogão, deixando-a quieta por cinco minutos. Durante esse tempo, o vapor termina de cozinhar o arroz.

6. Solte o arroz com um garfo antes de servi-lo. O arroz do fundo da panela deve estar seco. Às vezes, ele não sai certinho, mesmo seguindo todas as instruções à risca. Não se preocupe se algo der errado, pois ainda dá para consertar: Se o arroz ficar muito seco ou cru, adicione um pouco de água, tampe a panela e cozinhe-o em fogo baixo por mais cinco ou dez minutos. Se ele ficar muito molhado, tampe a panela e cozinhe-o por mais cinco a sete minutos no fogo baixo.

Chimichurri caseiro com ervas frescas

- 1 xícara de salsa (só as folhas)

- 1/4 de xícara de cebolinha cortadas

- 1/4 de xícara de orégano fresco ou uma colher de sopa de orégano seco. 

- 1/2 xícara de Vinagre vinho tinto Jerez ou um outro qualquer

- 1 colher de chá de Sal

- 1/2 ou 1 Colher de chá de Pimenta calabresa

- 2 ou 3 dentes de alho (depende do quanto se gosta de alho)

- 1 pitada de pimenta do reino 

- 1/2 ou 1 colher chá de páprica de sua preferência. 

- 1 xícara Azeite de oliva de ótima qualidade ou óleo neutro (girassol, algodão, soja) da tua preferência.

Bate tudo, menos o azeite de oliva ou óleo, no liquidificador ou mixer na função “pulsar”. Não queremos vire um purê. Retire, coloca num pote de vidro e complete com azeite ou óleo. Guarde na geladeira. Espera, no mínimo, seis horas pra servir, para que os sabores se envolvam. 

Obs.: Podemos tocar orégano ou cebolinha por outras ervas da preferência. Manjericão e hortelã ficam maravilhosos tb. Cuidado com o alecrim. Pode amargar a receita. O azeite de oliva na geladeira endurece. Tipo mel. Se colocar ele, retire uns minutos antes de usar. O óleo não endurece.

29 de Junho de 2020

Logos Banrisul e Brasao Governo