O Defensor Público aposentado Cláudio Batista de Souza entregou para o presidente da ADPERGS, Mário Rheingantz e para a Diretora de Aposentados e Pensionistas, Sirlei Terezinha de Souza Feijó, nesta quarta-feira (14), o acervo pessoal da história da sua família e uma cópia da monografia “Biografias entrelaçadas: uma família de afrodescendentes em Porto Alegre no pós-abolição”, do historiador e mestrando em História pela Unisinos, Vitor da Silva Costa.

A monografia, bem como os registros históricos da família de afrodescendentes Baptista da Silva, contam a trajetória de vida do Major João Baptista da Silva (1858-1937) e de seus dois filhos, Felippe Baptista da Silva (1883-1923) e João Baptista da Silva Junior (1891-1920), na sociedade porto-alegrense da época.

O Defensor Cláudio, que é bisneto do Major João Baptista da Silva, mostra no acervo o importante papel da família no período pós-abolição no Rio Grande do Sul. O Major e seus filhos foram membros do periódico O Exemplo, primeiro jornal semanal pós-abolicionista brasileiro, porta-voz dos negros do sul do país. 

O acervo pessoal do Defensor Cláudio e a monografia estão disponíveis na sede da Associação para a consulta.

15 de Julho de 2021
Logos Banrisul e Brasao Governo