Você sabia que o telefone celular recebe, em média, cerca de 2,6 mil toques por dia? O estudo foi feito pela consultora Dscout, em 2016. Esse número pode ter aumentado de lá para cá, mas, mesmo antes da pandemia de coronavírus, utilizar o celular dia a noite nas mais diversas situações requer alguns cuidados para que ele não se transforme em um disseminador de vírus e bactérias. Confira como fazer uma limpeza correta no aparelho:

1. Os produtos mais eficientes para higienização de celulares são álcool etanol com concentração 70%, recomendado pela Samsung, ou álcool isopropílico com concentração 70%, recomendado pela Apple. 1. Os produtos mais eficientes para higienização de celulares são álcool etanol com concentração 70%, recomendado pela Samsung, ou álcool isopropílico com concentração 70%, recomendado pela Apple. 


2. Evite usar produtos abrasivos, como cloro, água sanitária ou álcool em gel, tanto de farmácia quanto de limpeza geral.


3. Não se esqueça de remover acessórios conectados e capas. Com relação às capas de silicone, elas podem ser lavadas com água morna e sabão, ou higienizadas com um pano levemente umedecido com álcool. Outros tipos de revestimento, como tecido ou couro, devem seguir a recomendação do fabricante para higienização.


4. O processo de higienização deve ser feito com o celular desligado. O aparelho deve ser ligado somente quando o produto estiver secado completamente.


5. Pegue cotonetes e remova um pouco do algodão da pontinha para deixá-lo mais fino e, na sequência, use para limpar as entradas do celular, tomando sempre cuidado para não deixar resquícios de algodão dentro delas.


Fonte: Gaúcha ZH e Canal Tech.

12 de Mai de 2020

Logos Banrisul e Brasao Governo