A Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (ANADEP), a Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (ENADEP) e a Comissão dos Direitos da Mulher, realizaram, nesta quinta-feira (19), a IV Capacitação ENADEP, com a temática "Defensoria Pública e o machismo estrutural no sistema de justiça".

A presidente da ADPERGS, Juliana Lavigne, e o vice-presidente Institucional, Clóvis A. P. Bozza Neto, participaram da capacitação, realizada no aplicativo zoom. 

A atividade é voltada para defensoras e defensores públicos associados,  que se interessem em compreender melhor como a masculinidade hegemônica opera nas estruturas sociais e na formação das subjetividades. A ideia é fomentar uma visão crítica frente ao machismo e ao racismo estrutural, internalizados pelos sujeitos e sujeitas e replicados pelo sistema de justiça, permitindo uma atuação profissional a partir de um olhar de gênero e raça sobre a realidade social.

“Foi incrível perceber como a própria constituição da linguagem trabalha, para estruturar, legitimar e normalizar o machismo em todos os aspectos da nossa vida, e o quanto uma desconstrução é necessária para uma mudança efetiva” disse Clóvis.

A capacitação conta com a participação de Élida Lauris, Doutora em Pós-colonialismos e Cidadania Global; Marjorie Chaves, Mestra em História e doutoranda em Política Social; e Valeska Zanello, doutora e pós-doutora em Psicologia. A mediação ficará a cargo da coordenadora da Comissão da ANADEP, Jeane Xaud.

Ao todo, o curso terá 4h30m/aula, e será realizados nas quintas-feiras, das 19h às 20h30, com término no dia 3 de dezembro.

20 de Novembro de 2020

Logos Banrisul e Brasao Governo