Nesta quarta-feira (04), em Brasília, o conselho diretivo da ANADEP realizou a prestação de contas da entidade referente ao exercício 2019, todos os balancetes financeiros foram analisados e aprovados, à unanimidade, pelo Conselho Fiscal. Após, a Associação promoveu a assembleia geral extraordinária (AGE), para tratar de discussões sobre o cenário legislativo para 2020, a presidente da ADPERGS, Juliana Lavigne, estava presente.

Na reunião, a funcionária responsável pelo setor financeiro da ANADEP, Ana Amélia Maia, apresentou as planilhas contábeis do período, com descrição pontual sobre algumas receitas e despesas. Após apresentação, o conselho fiscal, composto pelas Defensoras Públicas Mayara Lima Tachy (DPDF), Elaina da Silva Rosas (ADEP-BA) e Elcianne Viana de Souza (ADPER), aprovou a prestação de contas. 

Outro destaque da AGO foi a aprovação do plano anual de trabalho, que contempla as principais estratégias da pauta jurídica, legislativa e associativa a serem executadas durante o ano. A vice-presidente institucional da ANADEP, Rivana Ricarte, apresentou o documento os presentes.

Após, foi promovida a assembleia geral extraordinária, que se iniciou com discussões sobre o cenário legislativo para 2020. O assessor parlamentar da entidade, Enrico Ribeiro, participou da reunião e falou sobre o panorama do Congresso Nacional neste ano.  Um dos pontos levantados foi o possível impacto da greve geral, prevista para ocorrer no dia 18 de março em todo o país. O movimento, que terá a adesão de profissionais de várias categorias, é uma resposta aos ataques do Poder Executivo ao funcionalismo Público. Ainda foram tratados os temas da reforma administrativa e das PECs que reduzem salários e jornadas de trabalho, como a PEC 186/2019 e PEC 188/2019, respectivamente. 

O presidente da ANADEP, Pedro Paulo Coelho, apresentou as emendas produzidas pela entidade às propostas e explicou que a Associação endossará o movimento encampado pelo Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), que organizará atos na esplanada dos ministérios ao lado das entidades afiliadas. 

As Defensoras e Defensores Públicos discutiram sobre outros assuntos do âmbito legislativo, jurídico, entre outros temas de interesse da categoria, como a organização de pesquisas produzidas pela ANADEP, o enfrentamento às reformas da Previdência estaduais, plano de saúde e a segunda edição do projeto ANADEP Inova. Houve também a escolha da sede do lançamento da Campanha Nacional 2020, que ocorrerá em Salvador, no dia 8 de maio.  

Fonte: ANADEP. 

04 de Março de 2020

Logos Banrisul e Brasao Governo