Atuação dos AssociadosNotícias

DPE/RS ingressa com ação indenizatória após caso de racismo, em Gramado

A Defensoria Pública de Gramado ingressou com ação de indenização por danos morais após um caso de racismo, ocorrido em novembro de 2023. O caso envolve um homem negro de 37 anos, residente local e funcionário de um restaurante, que alega ter sido vítima de injúria racial por parte de um empresário da região.

Segundo relatos do assistido, que estava há mais de um ano na empresa, o empresário foi até o local para conferir algumas obras que tinham sido realizadas na estrutura, pois é proprietário do terreno onde fica o estabelecimento. “Quando ele me viu, pareceu levar um susto. Perguntou se eu era estrangeiro e disse para eu tomar cuidado, porque caso um alemão como ele me encontrasse, poderia me dar um tiro por me confundir com um macaco”, relatou o assistido. 

O assistido registrou um boletim de ocorrência por injúria discriminatória contra o empresário. Porém, após a denúncia, ele enfrentou represálias e ameaças, incluindo a perda do emprego sob a justificativa de cortes de custos pela empresa. Esse contexto de intimidação levou o homem a procurar a Defensoria Pública. 

Diante dos fatos, o Defensor Público que atua em Gramado, Igor Menini, ingressou com a ação com pedido de indenização em relação aos fatos ocorridos com valor de R$ 1 milhão. “Não foi só a questão da fala racista que teria ocorrido, mas também toda uma estrutura que foi montada para coagir a vítima a não levar adiante o caso”, aponta o Defensor. 

O inquérito da Polícia Civil foi concluído e remetido ao Judiciário em fevereiro, com o empresário sendo indiciado por injúria.

Com informações: ABCmais. 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo