Atuação dos AssociadosHomeNotícias

Desbravando o Campo: projeto da Defensoria Pública de Itaqui busca assegurar direitos à população do interior

Um projeto piloto que visa o atendimento dos(as) trabalhadores(as) do interior de Itaqui foi iniciado nesta terça-feira (11). A iniciativa “Desbravando o Campo” é resultado de uma parceria entre a Defensoria Pública do Município e o Ministério Público do Trabalho (MPT), e conta com apoio da ADPERGS. 

A primeira atividade do projeto foi um mutirão de atendimentos, realizado em uma granja com 48 funcionários. Também integraram a ação a Polícia Civil, o Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (CEREST) e um médico disponibilizado pela prefeitura.

De acordo com a Defensora Pública Patrícia Conde Buzatto, o projeto é inovador porque conta com o apoio de diversas instituições do Estado. “O projeto é muito necessário, porque a extensão do município de Itaqui é grande e, muitas vezes, para as pessoas chegarem até o centro da cidade, demanda duas horas de ônibus ou os ônibus são disponibilizados somente três vezes na semana, o que dificulta o acesso aos serviços básicos. A iniciativa é diferente, porque envolve diferentes esferas do Estado em seu sentido lato, é uma força-tarefa para atender o cidadão que está distante do centro”, ressalta.

Sobre o “Desbravando o Campo”

O objetivo do projeto é possibilitar o acesso aos serviços do Estado à população residente do interior de Itaqui. As Defensoras e os Defensores Públicos atuarão no atendimento voltado à educação em direitos, violência doméstica, direitos da criança e adolescente e demandas judiciais acumuladas.

Além da ADPERGS, apoiam o projeto a Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social de Itaqui, o Conselho Tutelar, a Polícia Civil e o Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (CEREST).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo