InstitucionalNotícias

ADPERGS de ponta a ponta: Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Santa Maria e Piratini

Visando a permanente integração e interlocução da Associação com as Defensorias do Estado, o projeto ADPERGS de ponta a ponta esteve, nesta quarta-feira (15), nas Defensorias Públicas Regionais (DPR) de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires e Santa Maria. O presidente Mário Rheingantz, e a Diretora Social e Cultural, Fernanda Terezinha Tomé, realizaram visita aos colegas do interior. 

Ainda, na quarta-feira (01), ocorreu visita à Defensoria Pública de Piratini, durante a cerimônia de inauguração da sede no Município. Na ocasião, o presidente Mário Rheingantz, foi recebido pela Defensora Pública e diretora regional, Letícia Schardong Gobbi Albuquerque. 

Nesta quarta-feira, foi visitada a Defensoria Pública de Venâncio Aires, onde a Diretoria foi recebida pelos colegas Renan Angeli e Luciana Artus. O encontro propiciou interlocução da Associação com os(as) Defensores(as) que atuam no município. 

A segunda parada foi em Santa Cruz do Sul, na sede da Defensoria Pública do Município. A ADPERGS foi recebida pelos(as) Defensores(as) Arnaldo França Quaresma Junior, Diego Leandro Mazzarino, Mateus Massia Sanfelice, Marisângela Minuzzi Mello e Fernando Rückert Scheffel. 

Encerrando as atividades do projeto, foi realizado encontro com os(as) Defensores(as) de Santa Maria, Valéria Tabarelli Brondani, Luiza do Carmo Martins, Tamara Flores Agostini, Ana Carina Teixeira Dal Ponte, Juliano Ruschel, Bruna Sarturi Aquino Zenni e Bruna Minussi Zanini. 

Até o momento, já foram visitadas Defensorias Públicas de 23 cidades: Alegrete, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Estrela, Farroupilha, Garibaldi, Itaqui, Lajeado, Rosário do Sul, São Gabriel, Teutônia, Uruguaiana, Veranópolis, Terra de Areia, Osório, Torres, Bagé, Sant’Ana do Livramento, Santa Vitória do Palmar, Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Santa Maria e Piratini. 

Com as visitas às Defensoras e Defensores em seus locais de atuação, a Diretoria pretende aprofundar o diálogo, conhecer as demandas de cada região e, claro, garantir transparência nas ações que estão sendo desenvolvidas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo